Henrique Fendrich

Henrique Fendrich é jornalista, escritor e pesquisador. Mantém a “RUBEM”, única revista digital sobre crônica, e é autor dos livros “Brasília quando perto” (2013) e “Deus ainda não acabou com tudo” (2014), ambas coletâneas de crônicas. É organizador do blog literário “Vida a Sete Chaves”. Também escreve livros de história e genealogia, além de textos para os jornais “Folha do Norte” e “Evolução”, de São Bento do Sul/SC.
Henrique Fendrich

Deus gosta de pizza

Nicole voltava para casa em uma sexta-feira, o que não significa que tivesse planos para a noite. O único objetivo…
Henrique Fendrich

A mulher invisível

I wish I knew you when I was young.  Não olhar, não olhar, não olhar para ela. Não é que…
Henrique Fendrich

Manual para ler no ônibus

Há por aí muita gente comparando o sacolejar dos ônibus em Curitiba a um touro mecânico, mas isso é um…
Henrique Fendrich

O trem que passa

O dia acabou, a casa silenciou, e agora consigo escutar os mínimos ruídos do prédio. Vou até além, consigo ouvir…
Henrique Fendrich

Ele contra o Universo

I had all and then most of you, some and now none of you.  E naquela noite ele sentiu que…
Henrique Fendrich

As estrelas da metrópole

Que nunca se diga por aí que o Henrique não subiu na vida. Subiu, subiu sim, subiu tanto que até…
Henrique Fendrich

Uma miséria só

Era preciso economizar, ou não haveria o que comer até o fim do mês. A gente sempre brinca que o…
Henrique Fendrich

A rodoviária do Plano Piloto

Fala-se muito mal do Terminal Guadalupe, em Curitiba, dos tipos perigosos que andam por ali, eu mesmo já tive uma…
Henrique Fendrich

Meu vizinho, o presídio

De uns tempos para cá, um nicho específico de mercado tem crescido sobremaneira em Pinhais, qual seja, o de encarceramento…
Henrique Fendrich

Pierina e pouco mais

Um dia eu estudarei a fundo a mecânica quântica, apenas para entender por que é que, ao folhear um livro,…
Close