Henrique Fendrich

Henrique Fendrich é jornalista, escritor e pesquisador. Mantém a “RUBEM”, única revista digital sobre crônica, e é autor dos livros “Brasília quando perto” (2013) e “Deus ainda não acabou com tudo” (2014), ambas coletâneas de crônicas. É organizador do blog literário “Vida a Sete Chaves”. Também escreve livros de história e genealogia, além de textos para os jornais “Folha do Norte” e “Evolução”, de São Bento do Sul/SC.
Henrique Fendrich

Jogava bola e era amado

E, depois de muito tempo, houve uma partida de futebol. Andávamos destreinados e sedentários, seria até o caso de deixar…
Henrique Fendrich

Pedaços de crônicas que não fiz

1. Uma das evidências da teoria da evolução é o pernilongo curitibano. O pernilongo curitibano, depois de longos séculos submetido…
Henrique Fendrich

Minha vida passada

Vamos admitir que exista realmente esse negócio de vidas passadas. Tem como saber quem eu fui? Parece que tem, pelo…
Henrique Fendrich

Loucos na parada de ônibus

Voltava de um dia triste, carregando muitas sacolas de mercado. Eram tantas que precisava voltar de ônibus para casa. Na…
Henrique Fendrich

O caso do banheiro masculino

Durante os seis anos que passei em Brasília, me aconteceram muitas coisas estranhas, e algumas estranhíssimas. Às vezes eu ainda…
Henrique Fendrich

Livrar-se dos livros

Acho que tenho livros demais. Talvez não pareçam tantos assim, são só uns 200, 300, mas são livros demais. A…
Henrique Fendrich

Sermão do Planalto

1 E Jesus, vendo a multidão, foi até o Planalto Central e, assentando-se, aproximaram-se deles os moradores de todo o…
Henrique Fendrich

Ivone, a vilã

Eu aprendi a odiar Ivone muito tempo antes de nos conhecermos. Já havia até mesmo me juntado à turma que…
Henrique Fendrich

Solteiro sim, sozinho também

Hoje em dia até frigideira tem tampa. A frase, que tem lá a sua graça, procura dar um pouco de…
Henrique Fendrich

Um exame do sono

Chega um dia em que a pessoa está dormindo tão mal, e as causas parecem tão difíceis de determinar, que…
Close