Paulo Camargo

Paulo Camargo é jornalista formado pela Universidade Federal do Paraná - UFPR (1990), mestre em Teoria e Estética do Audiovisual (Universidade de Miami, 2002), onde foi bolsista da Comissão Fulbright, e professor dos cursos de Jornalismo da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) e do Centro Universitário UniBrasil. Também leciona em cursos de pós-graduação da PUCPR e da Universidade Tuiuti do Paraná, onde é doutorando no programa de Comunicação e Linguagens. Foi editor de Cultura, crítico de cinema e repórter especial do jornal Gazeta do Povo (PR), diário no qual atuou entre 1996 e 2014. É integrante da Associação Brasileira de Críticos de Cinema (Abraccine). Trabalhou nos jornais O Estado do Paraná e Folha de S. Paulo.
Central de Cinema

‘Victoria e Abdul: o Confidente da Rainha’ é mais atual do que aparenta

É bem mais interessante refletir sobre Victoria e Abdul: o Confidente da Rainha, simpático e comovente filme histórico em cartaz…
Paulo Camargo

Inspiração

Ele se senta diante do computador, abre um documento do Word em branco e permanece durante dez, vinte minutos, quase…
Central de Cinema

A teatralidade superficial de ‘Assassinato no Expresso do Oriente’

A escritora britânica Agatha Christie (1890-1976) dedicou quase toda a sua extensa obra a criar histórias nas quais pouco ou…
Paulo Camargo

Bregas

Todos somos, fomos ou um dia ainda seremos um pouco bregas. Graças a Deus! Está na alma brasileira, no DNA guapeca…
Central de Cinema

‘Histórias de amor que não pertencem a este mundo’ e o lugar da voz feminina

A cineasta italiana Francesca Comencini (de Pianoforte) consegue um feito notável com seu longa-metragem Histórias de amor que não pertencem…
Paulo Camargo

Tânia

Sou curitibano, mas, com 4 para 5 anos, meus pais e eu nos mudamos para o Rio de Janeiro. Chegamos…
Paulo Camargo

Alegria

Gosto de dias frios e ensolarados. O vento cortante que atravessa o azul absoluto do céu me inspira, talvez me…
Central de Cinema

‘Não Amarás’ é um filme que nos tira o chão

Há filmes que atropelam a gente e nos deixam sem chão. Não Amarás, do mestre polonês Krzystóf Kieslowski, fez isso…
Paulo Camargo

Pai e filho

Delicadamente, ele repousa a mão sobre o ombro do filho que, absorto, não tira os olhos da tela do celular.…
Central de Cinema

‘O Formidável’ busca humanizar o gênio Jean-Luc Godard

É intrigante que o diretor e roteirista francês Michel Hazanavicius, vencedor do Oscar pelo superestimado O Artista, tenha escolhido o…
Close