Espanto

Quando os Gremlins assustaram

Antes de virar tema do celebrado filme de Joe Dante, os gremlins foram criaturas temíveis em um conto de Richard Matheson, adaptado em 'Além da Imaginação'.

Durante a Segunda Guerra Mundial, pilotos de aeronaves britânicas costumavam culpar pequenos monstros pelo mau funcionamento do motor. As histórias deram origem à mitologia dos gremlins, que no cinema são mais conhecidos pelo filme de Joe Dante, de 1984. Antes disso, porém, a criatura deu as caras num conto bem mais assustador assinado por Richard Matheson.

“Pesadelo a 20 mil pés” foi originalmente publicado em 1961, em uma coletânea de contos do autor. A inspiração teria vindo de um livro infantil, chamado The Gremlins, escrito por Roald Dahl – o mesmo autor de A Fantástica Fábrica de Chocolate – para ser uma animação nunca realizada da Walt Disney. Na obra original, os monstrinhos sabotam aviões para se vingarem da floresta destruída e viram amigos dos pilotos na luta contra os nazistas.

Apenas com uma fantasia peluda, no episódio de “Além da Imaginação” o monstro conseguia ser assustador mesmo para os padrões de hoje.

Matheson, como o escritor sombrio que era, adaptou o enredo para transformá-lo em um terrível conto sobre alucinação em um avião. Na trama, Bob Wilson é um homem recém-recuperado de um colapso nervoso por ter medo de voar. Após sair de uma clínica de reabilitação, ele encara um voo noturno ao lado da esposa. Para enfrentar o pânico, viaja com a janela aberta. Quando a mulher dorme, vê um monstro destruindo a fuselagem da aeronave.

Leia também
» A zona crepuscular
» Mais uma nota sobre os espaços de interação entre o real e a ficção
» Rod Serling e a origem do programa “Além da Imaginação”

Ninguém mais consegue ter um vislumbre da criatura, que some quando testemunhas aparecem. Wilson, aos olhos da tripulação e dos passageiros, soa como uma criança, que vê ameaças nas sombras do quarto. No escuro, continua a ver os vultos do gremlin, que está prestes a derrubar o veículo das alturas.

O conto virou um dos mais celebrados episódios de Além da Imaginação, em que o protagonista era interpretado por ninguém menos do que o ator William Shatner. A direção era de Richard Donner. Apenas com uma fantasia peluda, o monstro conseguia ser assustador mesmo para os padrões de hoje. A trama seria refilmada na adaptação da série para o cinema em No Limite da Realidade (1983). Nessa versão, John Lithgow interpreta Wilson no segmento que tem direção de George Miller, de Mad Max: Estrada da Fúria (2015).

A versão de Dante para o mito mescla o humor e o horror de forma competente. O olhar de Matheson, porém, consegue provocar calafrios, ponderando se o que vemos efetivamente está lá ou se estamos vivenciando uma experiência do fantástico em nosso cotidiano.

link para a página do facebook do portal de jornalismo cultural a escotilha

Tags
Mostre mais

Rodolfo Stancki

Rodolfo Stancki é jornalista e consome filmes de horror desde criança, com predileção por tramas com monstros e efeitos visuais práticos. É autor da dissertação "A Representação Social do Cinema de Horror", defendida na UEPG. Atualmente, pesquisa o gênero cinematográfico no doutorado em Tecnologia, na UTFPR, e leciona na Escola de Comunicação do UniBrasil Centro Universitário.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Close