Vale um Like

O toque de Midas por Cris Morena

A atriz, cantora, compositora, escritora, produtora e apresentadora argentina Cris Morena é responsável por sucessos infantojuvenis que encantam gerações há décadas.

Ela é responsável por alguns dos maiores sucessos infantojuvenis das últimas décadas. Muito antes do boom das redes sociais e da distribuição de conteúdo em plataformas digitais, a atriz, cantora, compositora, escritora, produtora e apresentadora criou histórias que ganharam vida além da tevê. De suas obras surgiram bandas de sucesso, espetáculos teatrais e inúmeros produtos licenciados.

A 20ª coluna “Vale um Like” percorre a trajetória de sucesso de Cris Morena, a artista argentina que conquistou o mundo com suas tramas recheadas de música e personagens marcantes. Em 2010, sua vida passou por uma reviravolta com a morte prematura da filha, Romina Yan, à época com 36 anos,  que protagonizou um dos maiores êxitos da sua carreira: Chiquititas.

Cris Morena é sinônimo de sucesso. Em sua carreira, além do conto de fadas moderno das crianças do Orfanato Raio de Luz, destacam-se Rebelde, Floribella e até uma série exclusiva para o Disney Channel – Jake & Blake.

Cris Morena é sinônimo de sucesso. Em sua carreira, além do conto de fadas moderno das crianças do Orfanato Raio de Luz, destacam-se Rebelde, Floribella e até uma série exclusiva para o Disney Channel – Jake & Blake.

Bastante criativa e até certo ponto audaciosa, em 2002 ela rompeu os vínculos com a Telefe, uma das maiores emissoras de televisão da Argentina, e criou a Cris Morena Group. Suas obras ganharam repercussão no Brasil, México, Estados Unidos, Portugal, Espanha e até em Israel.

Cris participou ativamente da primeira versão de Chiquititas para o Brasil, parceria entre a Telefe e o SBT. A trama foi produzida inteiramente na Argentina e ficou no ar entre 1997 e 2001, totalizando cinco temporadas.

Flávia Monteiro interpretou a protagonista Carol, a doce diretora do Orfanato Raio de Luz. Na versão da Argentina, que estreou em 1995, a filha de Cris Morena, Ramina, deu vida à personagem equivalente – Belén Fraga.

Romina em 'Chiquititas': morte inesperada.
Romina em ‘Chiquititas’: morte inesperada. Foto: Divulgação

Além de Flávia Monteiro, a trama revelou jovens talentos: Fernanda Souza, Débora Falabella, Kayky Brito, Sthefany Brito, entre outros. O elencou morou na Argentina durante o período de gravações e as cenas externas tinham como locação a cidade de São Paulo.

Em 2013, Íris Abravanel ficou responsável pelo remake de Chiquititas no Brasil. Desta vez, a trama foi inteiramente produzida pelo SBT e permaneceu no ar até 2015 – alcançando bons índices de audiência.

Rebelde

Se Chiquititas foi um sucesso, Rebelde pode ser classificada como um fenômeno. No Brasil, a trama produzida pela emissora de tevê Televisa, do México, causou furor.

A banda originada do programa, RBD, foi um fenômeno e fez concorridas apresentações no país. O grupo, formado por Anahí, Dulce Maria, Maite Perroni, Alfonso Herrera (que faz parte do elenco de Sense8, da Netflix), Christian Chávez e Christopher Uckermann, também protagonizou uma tragédia.

Os protagonistas de Rebelde formaram a banda RBD
Os protagonistas de ‘Rebelde’ formaram a banda RBD. Foto: Divulgação

Em 2006, durante um evento promocional realizado no pátio de um hipermercado de São Paulo, três fãs morreram pisoteados. Nem os organizadores tinham dimensão do sucesso do RBD e da novela Rebelde no país.

Cris Morena cria produtos que se estruturam em excelentes estratégias de marketing.

Em 2010, a Record produziu a versão brasileira de Rebelde, com nomes como Chay Suede, Sophia Abrahão, Arthur Aguiar, Mel Fronckowiak e Micael Borges. Por conta da morte da filha, Cris Morena se desligou do trabalho e não acompanhou a produção da versão brasileira.

A exemplo do RBD, a banda Rebeldes fez shows concorridos em vários estados brasileiros. A trama, que teve relativo êxito de audiência, permaneceu no ar até 2012.

Vale lembrar que na Argentina, a novela, batizada como Rebelde Way, originou a banda Erreway, que estourou até na Europa. Um dos integrantes, Benjamín Rojas, foi protagonista de Jake & Blake.

Benjamín Rojas em dose dupla na série “Jake & Blake”. Foto: Divulgação

Cris Morena também fez uma dobradinha com a Band: Floribella, que teve duas temporadas entre 2005 e 2006, foi protagonizada pela atriz Juliana Silveira. O jovem ator Johnny Massaro foi outro destaque da produção.

Com seu toque de Midas, Cris Morena cria produtos que se estruturam em excelentes estratégias de marketing. Atualmente, a artista se dedica a novos projetos e recentemente falou sobre o luto e a convivência com os netos em uma entrevista reproduzida pela revista argentina Gente: “Perdi totalmente o medo da morte. Percebi que tudo é flexível e a vida é uma mudança, uma incerteza total. Você acha que vai estar tudo resolvido, mas a vida é uma incerteza e o que tem que ser será”, avaliou.

link para a página do facebook do portal de jornalismo cultural a escotilha

Tags
Mostre mais

Cristiano Freitas

Cristiano Luiz Freitas é jornalista, roteirista e produtor cultural com quase 20 anos de experiência em projetos voltados aos públicos infantojuvenil e jovem. Com passagens pela Gazeta do Povo e Grupo RIC, atualmente desenvolve ações em comunicação para o Complexo Pequeno Príncipe. Em seu currículo, constam importantes premiações como o Grande Prêmio Ayrton Senna de Jornalismo.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Close