COMPARTILHE
Festival Internacional de Teatro de São José do Rio Preto
Barca dos Corações Partidos abre o FIT com 'Suassuna - O Auto do Reino do Sol'. Foto: Reprodução.

“Vai meu desespero,
Estraçalha a jaula desse peito
E grita adeus.”

Eram dois homens que se amavam, eu era um deles. Dois homens que dividiam mundos, sonhos e vontades. Amigos para sempre, até que o mundo provasse o contrário.

Eram homens solitários, que juntos, perdidos na estrada que insistia em levar a lugar nenhum, insistiam em açoitar a vida. Dois homens que encontraram a poesia e se entregaram também à amizade. Dois homens tristes, infelizes, que de toda a história que traçaram unidos guardam apenas as lembranças de uma cidade, até hoje desconhecida, onde foram em busca dos encantos de um festival de teatro.

A lembrança me assola ainda hoje, trazendo à tona um amigo perdido, quando recordo a única vez em que fui ao Festival Internacional de Teatro de São José do Rio Preto, o mais importante festival do Brasil, que completa, em 2017, 48 anos de história. Criado em 1969 pela prefeitura da cidade como um festival amador, o evento cresceu e ganhou fôlego, adquirindo, a partir de 2001, dimensão internacional graças à parceria com o Sesc São Paulo.

O FIT leva ao palco, às ruas e aos espaços alternativos da cidade uma programação preciosa, buscando diferentes diálogos com o teatro na contemporaneidade e uma ampla reflexão sobre as artes cênicas. Com um histórico de luta, resistência e superação, o festival conquistou, além de longevidade, o respeito e o carinho do público, efetivando-se como um dos mais aguardados eventos das artes cênicas pelo mundo.

O FIT leva ao palco, às ruas e aos espaços alternativos da cidade uma programação preciosa, buscando diferentes diálogos com o teatro na contemporaneidade e uma ampla reflexão sobre as artes cênicas.

A experiência de tempo é a pretensão de um festival, uma espécie de observatório, por isso a curadoria desse ano do FIT acredita que pensar um acontecimento para as artes cênicas implica em estabelecer uma conexão com o tempo, matéria do homem, exercício diário de resistência e aprendizado. Segundo os curadores “a programação desta edição sugere um olhar para as camadas polifônicas das questões sociais e humanas contidas em muitas das obras, evidenciadas na elaboração de consciências de pertencimento e que servem de matéria-prima para a construção de uma narrativa que investiga todos os aspectos que envolvem a artesania teatral”.

Um teatro que reflete seu próprio tempo, não enquanto documento datado e catalogado, e sim como a própria íris do artista vasculhando a existência diante de sua época e de seu mundo. Para isso, além das aguardadas apresentações, a programação, que tem início hoje e vai até o dia 15, promoverá encontros, debates, shows, visitações e diversas atividades ligadas não só ao fazer teatral, mas também ao amplo conhecimento de suas entranhas e a vivência de seus encantos.

O FIT conta com 20 companhias num total de 23 espetáculos. Mais de 100 atores subirão aos palcos, por isso seria, além de deselegante, impossível destacar uma ou outra atração. A verdade é que o teatro inteiro cabe no útero fértil de Rio Preto. O festival conta com um repertório de 4 países diferentes e a programação estende-se às áreas de crítica, direção e visitação, por exemplo.

O FIT abre-alas para um mundo mágico que transformará a cidade de São José do Rio Preto em um celeiro das artes, onde a cidade abre-se enquanto via poética de possibilidades. Aqueles que conhecem a produção teatral sabem das dificuldades que envolvem uma programação desse porte, por isso é preciso louvar o trabalho preciso e cuidadoso da curadoria, além de todos os profissionais envolvidos. Artistas, técnicos, produtores e todos aqueles que tornam possível esse sonho, numa época tão insone, merecem a nossa lembrança. Beirando os cinquenta anos, o festival prova que o tempo, além das rugas, traz também a experiência. A arte contra a barbárie mais uma vez!

SERVIÇO | Festival Internacional de Teatro de São José do Rio Preto

Quando: De 06 a 15 de julho;
Quanto: R$ 10,00 (inteira); R$ 5,00 (meia); R$ 3,00 (trabalhadores do comércio credenciados no Sesc) – alguns espetáculos são gratuitos;
Mais informações e programação completa: site oficial do FIT.

link para a página do facebook do portal de jornalismo cultural a escotilha

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA